Notícias

+ Notícias

09/08 - Aplicativo ajuda a encontrar medicamentos mais baratos


Por  Sincofarma MG  Postado 11/8/2016

 

Que tal pesquisar preços de medicamentos, comparar as opções em farmácias diferentes e, ainda por cima, receber o pedido onde você estiver? A partir do dia 10 de agosto, isso será possível por meio do HelpRemédios, aplicativo brasileiro que vai ajudar o usuário a comprar medicamentos mais baratos, comparando preços e garantindo a economia em um período de crise. A ferramenta gratuita será lançada oficialmente em Curitiba, e deverá ser disponibilizada em outras grandes cidades brasileiras ainda em 2016.

Idealizado pelo paranaense Daniel Ropelatto, profissional que atuou por mais de 12 anos na indústria farmacêutica, o HelpRemédios, disponível nas plataformas iOS e Android, fará com que os usuários pesquisem e encontrem medicamentos com as melhores opções de preço. Trabalhando com a localização das farmácias, o aplicativo disponibiliza opções mais próximas, possibilitando que o usuário retire o medicamento no balcão da farmácia escolhida ou receba onde estiver.

“Poucas pessoas percebem, mas a variação do preço dos remédios no país é absurda. De acordo com uma pesquisa recente do Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade, no caso dos medicamentos genéricos, essa diferença supera a casa dos 5.000%. Um medicamento que custa menos de R$ 1 em algumas farmácias pode custar mais de R$ 20 em outras. Com o HelpRemédios, os usuários terão a oportunidade de encontrar os melhores preços para os medicamentos que estão precisando. Em um momento de crise, nada melhor que economizar um pouco, ainda mais quando tratamos de gastos com a saúde, que são indispensáveis”, comenta Daniel Ropelatto.

O HelpRemédios permite, também, que o consumidor faça uma análise completa sobre cada um dos medicamentos cadastrados no sistema, levantando o nome do fabricante, o princípio ativo, o preço máximo que pode ser vendido pelas farmácias e as suas apresentações. Outra facilidade proposta pela ferramenta é de que o medicamento seja pago diretamente no aplicativo, via cartão de crédito. “Nós acreditamos que cuidar da saúde não precisa ser tão complicado. Vamos ajudar as pessoas a tratarem seus problemas, sejam eles agudos ou crônicos, com comodidade e conveniência”, explica Ropelatto.

Fonte:  IP News