Notícias

+ Notícias

24/06 -OPAS lança publicação especial sobre regulação de medicamentos e tecnologias da saúde


Por  Sincofarma MG  Postado 27/6/2016

A regulação sanitária de medicamentos e outras tecnologias da saúde é tema de uma edição especial da Revista Pan-Americana de Saúde Pública, publicada nesta semana (22) pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS).

O documento — publicado com apoio da Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA) — apresenta novas evidências científicas para que organismos regulatórios possam expandir a fiscalização em seus países.

“Com o ritmo da ciência, a informação e os fluxos de dados e a inovação crescendo em uma velocidade recorde, os reguladores de todo o mundo não só devem estar na vanguarda como também se manter à frente desse ritmo para garantir a qualidade, a eficácia e a segurança dos produtos que regulam”, destacou a diretora do organismo regional, Carissa F. Etienne, sobre a importância da publicação.

As agências regulatórias nacionais têm a função de monitorar a produção e distribuição de medicamentos e outras tecnologias de saúde, como vacinas, hemoderivados e dispositivos médicos que estão à disposição da população.

A edição especial da revista da OPAS reúne artigos de especialistas das Américas em regulação de saúde, assim como de pesquisadores de todo o mundo que apresentam uma variedade de experiências pioneiras. Deliberações de fóruns internacionais e parcerias público-privadas estão entre os temas abordados — que incluem também experiências do Brasil, Cuba e Colômbia.

A publicação conta também com análises sobre os desafios à implementação de normas comuns de regulação nas Américas.

Relatórios incluem um trabalho sobre o fortalecimento da Rede Pan-Americana de Laboratórios Oficiais de Controle de Medicamentos, um estudo de caso na Comunidade do Caribe (CARICOM) sobre a regionalização como meio de fortalecimento dos sistemas de regulação e um estudo sobre as autoridades reguladoras de referência regional do Ocidente.

Nova plataforma para troca de informações sobre regulação em saúde

Também nesta semana, foi lançada uma nova Plataforma de Intercâmbio Regulatório — REPs, sigla em inglês. A ferramenta digital apoiará a troca segura de informações não públicas entre agências reguladoras das Américas e de outras partes do mundo. A plataforma vai buscar a harmonização e a convergência regulatória na região de atuação da OPAS.

Criada com apoio financeiro dos Estados Unidos, Brasil e Canadá, a REPs é desenvolvida pela agência regional de saúde da ONU. Sua concepção baseou-se em experiências prévias das OPAS. Inicialmente, a plataforma terá seu foco voltado para o Programa de Auditorias de Dispositivos Médicos (MDSAP) — uma colaboração multinacional para melhorar a regulação de dispositivos médicos.

Fonte: OnuBR - Nações Unidas do Brasil