Notícias

+ Notícias

Áreas técnicas do MS discutem estratégias para saúde da população negra


Por  Sincofarma MG  Postado 14/05/2018

Trabalhadores da atenção básica e vigilância em saúde foram públicos-alvo da reunião

 
Aconteceu nesta sexta-feira (04), reunião com áreas técnicas do Ministério da Saúde com o objetivo de desenvolver linhas estratégicas de atuação da Política Nacional de Saúde Integral da População Negra (PNSIPN). A atividade realizada pelo Departamento de Apoio à Gestão Participativa e ao Controle Social da Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde (DAGEP/SGEP/MS) teve como objetivo reunir trabalhadores da atenção básica e vigilância em saúde para alinhamento e junção de esforços, visando a discussão das possibilidades, desafios e potencialidades de ações voltadas para a saúde da população negra.
 
Para o coordenador-geral de Apoio ao Controle Social, à Educação Popular em Saúde e às Políticas de Equidade do SUS do DAGEP/SGEP/MS, Marcus Peixinho, atividades como essa são de suma importância para melhoria e fortalecimento de políticas públicas em prol da saúde da população negra. “É preciso que as áreas trabalhem em conjunto, que firmemos instrumentos para alcançarmos objetivos em comum, como o avanço da Política Nacional de Saúde Integral da População Negra, a melhoria dos índices de saúde desta população e diminuição das vulnerabilidades em saúde”, disse.
 
A ação que aconteceu na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em Brasília, contou com a participação de diversas departamentos da Secretaria de Atenção à Saúde (SAS), da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) e da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), como: Departamento de Ações Programáticas Estratégicas (DAPES), Departamento de Atenção Especializada e Temática (DAET), Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis (DEVIT) e Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador (DSAST).
 
Representantes das coordenações de temas como: doença falciforme; saúde mental, álcool e outras drogas; saúde da criança; saúde das mulheres; saúde da pessoa idosa; saúde da pessoa com deficiência; saneamento em áreas rurais e comunidades tradicionais; hanseníase e doenças em eliminação; tuberculose; saúde do trabalhador e doenças transmissíveis participaram da reflexão e proposição de ideias durante a reunião.
 
POLÍTICA
 
A Política Nacional de Saúde Integral da População Negra é um compromisso do Ministério da Saúde para o combate das desigualdades no SUS e na promoção da saúde da população negra de forma integral, considerando que as iniquidades em saúde são resultados de processos estruturais socioeconômicos e culturais que corroboram para a morbimortalidade desta população. O DAGEP/SGEP/MS é responsável pela implementação das políticas de promoção de equidade e controle social no Sistema Único de Saúde (SUS). Desde 2009, o departamento desenvolve ações para implementação da PNSIPN.
 
Fonte: Ministério da Saúde