Notícias

+ Notícias

Muitos motivos para contribuir


Com a facultatividade da Contribuição Sindical Imposto Sindical, a reforma trabalhista deixou muitas entidades com os “cabelos em pé”. A obrigatoriedade do pagamento da contribuição sindical fez com que as entidades sindicais se multiplicassem no Brasil nos últimos anos. Há no país algo em torno de 16 mil sindicatos em atividade - apenas a título de comparação, a nossa vizinha Argentina possui cerca de 100.

A possibilidade de pagar ou não o tributo acendeu o alerta para muitas entidades que se acomodaram ao longo dos anos. Afinal, trabalhando ou não em favor de suas categorias, o orçamento anual era garantido.

Para o Sincofarma Minas Gerais, que soma mais de 80 anos de luta em favor dos interesses do varejista de farmácia, o fato de a regra ter sido alterada não preocupa. Isso porque os empresários sabem do esforço da entidade para tornar o mercado mais forte e, sobretudo, mais justo.

“Atuamos em um segmento que tem regras próprias e está sujeito a uma legislação rígida. Temos o desafio de propiciar um ambiente de negócios mais favorável aos varejistas, já que o mercado é tão regulado”, comenta Tacianny Mayara Silva Machado, assessora da Presidência do Sincofarma Minas Gerais.

Por outro lado, a reforma trabalhista fortaleceu as entidades que de fato buscam defender os interesses de sua classe e possuem equipes capacitadas para isso. A sobreposição do acordado ao legislado, objeto de inúmeros debates, veio em boa hora. Explica-se: o que for estabelecido nas negociações com os trabalhadores passa a ter força de lei. Em suma, os sindicatos ganharam

uma importância ainda maior. “O Sincofarma Minas Gerais adquiriu credibilidade ao longo dos anos graças à habilidade política e à expertise técnica para que as negociações reflitam o equilíbrio desejado pelo varejista de farmácia”, explica Tacianny. “A negociação coletiva é privativa do Sindicato, que possui legitimidade para tomar parte dela, o que torna a atuação da entidade ainda mais vital”, acrescenta.

Para que a entidade sindical esteja cada dia mais alinhada à realidade do mercado, ela lembra que a proximidade dos empresários é fundamental. Para isso, convida todos a conhecerem de perto a atuação do Sincofarma Minas Gerais e acompanharem o trabalho realizado junto aos três poderes - Executivo, Legislativo e Judiciário - e a se unirem cada vez mais em torno de seus interesses.

SERVIÇOS PARA VOCÊ

  • Assessoria Jurídica

 

O Sincofarma Minas Gerais oferece a seus representados assessoria contábil, fiscal, previdenciária, trabalhista e tributária. Além disso, propõe projetos de leis de interesse dos empresários do ramo e assessora o desenvolvimento de propostas para inovação na gestão e sustentabilidade dos seus negócios.

  • Certificados Digitais

 

Oferece desconto de 10% a 20% para a emissão da identidade digital da pessoa física nas operações eletrônicas.

  • Eventos e Palestras

 

O Sincofarma Minas Gerais, também promove palestras, workshops, seminários e encontros em sua sede para tratar de mudanças na legislação, empreendedorismo e motivação para levar adiante os negócios, entre outros temas de interesse do empresário.

  • Qualificação de Fornecedores

Quem possui farmácia de manipulação sabe da dificuldade em encontrar fornecedores capacitados, tendo em vista a série de exigências para a venda desse tipo de produto. O Programa de Qualificação de Fornecedores de Matérias-Primas do Sindicato é gratuito para os representados e concede os laudos de capacitação necessários. Além disso, o Sincofarma MG lista os principais fornecedores do país, que atendem às determinações da Anvisa sobre as boas práticas de manipulação farmacêutica, preparação magistral e oficinas para o uso humano.

 

PRINCIPAIS CONVÊNIOS

UNIMED

Plano de saúde em condições e preços diferenciados a partir de uma vida.

QUALICORP SEGUROS

Seguros-saúde com cobertura nacional, como Bradesco, SulAmérica, Golden Cross e Amil.

BDMG

Crédito e serviços diversos para micro, pequenas e médias empresas.

SAGE

Emissão de notas fiscais eletrônicas com segurança e simplicidade.

GENERAL MOTORS

Descontos exclusivos na compra de veículos nas concessionárias Chevrolet.

CLUBE DE TURISMO BANCORBRÁS

Descontos em passagens aéreas nacionais e em mais de 10 mil hotéis do Brasil e no exterior.

JN2

Criação de lojas virtuais e suporte ao seu e-commerce.

PICCHIONI

Melhores taxas em operações cambiais de até 10 tipos de moeda.

 

ALGUMAS VITÓRIAS IMPORTANTES

  • Regulamentação da atividade Drug Store

Em 2009, por meio da RDC 44, a Anvisa assustou o setor com a proibição da venda de produtos que não fossem medicamentos. Se aprovada, causaria grande impacto na rentabilidade das farmácias, uma vez que artigos de perfumaria e conveniência lideram, atualmente, as vendas. Lázaro Luiz Gonzaga, presidente do Sincofarma Minas Gerais, também coordenador da Câmara Brasileira de Produtos Farmacêuticos (CBFarma), trabalhou fortemente para que a RDC fosse reavaliada e o direito à livre iniciativa e ao livre comércio não só prevaleceu, como o leque de produtos ofertados nos estabelecimentos ampliou-se. Além disso, em âmbito estadual, foi aprovada a lei que permitiu que as farmácias vendessem artigos de conveniência.

  • Representatividade Na Câmara Brasileira De Produtos Farmacêuticos – CBFarma

Articular-se politicamente é importante para assegurar direitos. O fato de o presidente do Sincofarma Minas Gerais ter um assento na instituição dá visibilidade nacional ao mercado mineiro e às reivindicações do setor.

  • Frente Nacional de Medicamentos

O Sincofarma Minas Gerais participou do lançamento da Frente Nacional para Desoneração de Medicamentos. A iniciativa foi um apoio ao movimento nacional lançado em 17 de abril de 2013. Com mais acesso aos medicamentos, os gastos com pacientes em hospitais diminuem de maneira significativa, fora o benefício para a população. Os custos com internações são reduzidos com a prevenção.